Caçador tem 1ª morte por complicações de gripe, informa portal de notícias do município

O município de Caçador registrou o primeiro caso de morte por gripe em 2017. O caso, ocorrido no início deste mês e noticiado pelo portal Notícia Hoje na segunda-feira (8 mai), foi decorrente do vírus H3N2. Esta seria a 5ª morte registrada pelo vírus H3N2 no estado de Santa Catarina.

Ouvido pela reportagem do portal caçadorense, o médico da Vigilância Epidemiológica Thiago Muniz de Lima disse em tom de alerta que esse vírus deve ser o mais predominante neste ano.

“O H3N2 é mais agressivo que o H1N1, que é conhecido como gripe A. Por isso é importante que as pessoas estejam atentas aos sintomas”, destacou o médico.

Publicidade / Apoie o Jornalismo Comunitário em Fraiburgo e região.

Orientações*

O Jornal Caboclo repassa abaixo uma lista de orientações para pessoas que apresentam ou apresentarem sintomas de gripe, conforme o Portal da Saúde do Ministério da Saúde (link completo aqui).

– Evitar sair de casa em período de transmissão da doença (até 7 dias após o início dos sintomas);

– Restringir ambiente de trabalho para evitar disseminação;

– Evitar aglomerações e ambientes fechados, procurando manter os ambientes ventilados;

– Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos;

* O serviço de saúde deve ser procurado imediatamente caso apresente algum desses sintomas: dificuldade para respirar, lábios com coloração azulada ou roxeada, dor ou pressão abdominal ou no peito, tontura ou vertigem, vomito persistente, convulsão.

_____

Mensagem do editor:

Textos e imagens de propriedade do Jornal Caboclo podem ser reproduzidos de modo parcial, desde que os créditos autorais sejam devidamente citados.

Comuniquem-nos de possíveis correções.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial