“Dia de agito cultural em Caçador previsto para 21-jan/18” – Por Edison Porto

Grupo de entusiastas das Artes, da Cultura e da Integração e Inclusão Social prepara um dia de agito cultural em Caçador SC, com o nome “Expresso DeComposição”

Por Edison Porto

Em novembro do ano passado um grupo de pessoas, a maioria jovens, de várias áreas de atuação se juntou para realizar um dia de eventos no Parque Central de Caçador para a conscientização contra a violência e o preconceito de qualquer espécie, evento que recebeu o nome de “I Parada Cultural – Todos Pela Vida” foi realizado no domingo 19-nov-17.

1ª Reunião com Natah Pires

O início de tudo foi um convite do jovem Nata Pires para uma reunião de interessados em se unir para esta necessária conscientização, o que aconteceu na Fundação Municipal de Cultura de Caçador.

I Fórum Violência Aqui Não

Precedendo a I Parada Cultural Todos pela Vida, foi realizado um dia de discussões e debates com vários ativistas contra a violência e o preconceito, foi o “I Forum contra Violência” que ocorreu no dia 15 de novembro na Câmara Municipal de Caçador.

A partir da experiência com estes dois eventos realizados de uma ação de pessoas e não de qualquer entidade pública ou privada, os envolvidos prosseguem até hoje discutindo em grupo de “whatsapp” a continuidade de ações e eventos que mantenha vivo o combate à violência e ao preconceito.

Organizadores e Participantes I Parada Cultural

Destas discussões nasceu a ideia de se fazer um dia de agito cultural no Parque Central da cidade, com a participação de músicos, artistas, poetas, artesões e representantes de qualquer movimento artístico-cultural. São dois os objetivos desta ideia, o primeiro é disponibilizar gratuitamente arte e cultura para qualquer pessoa, de qualquer idade. O segundo objetivo é dar a oportunidade para qualquer artista, profissional ou não de mostrar o seu talento.

Organizadores e Participantes da I Parada Cultural
Bolando o Expresso DeComposição

 

O Grupo já tem a confirmação de vários cantores e músicos que participarão do evento e continua fazendo contatos para estabelecer a programação a ser anunciada. Há também a participação confirmada de uma artesã que possivelmente fará uma Oficina no evento, ensinando as pessoas na feitura de artesanato.

É possível que durante o evento haja espaço para a troca de livros e de roupas, como um “Sebo” e um “Brechó”, porém de forma informal e bem acessível para qualquer um.

Há a ideia de no final do evento fazer uma mostra de cinema ao ar livre com a apresentação de vários curtas-metragens para encerrar o dia com muito bom humor.

Tudo deve acontecer na área entre as árvores que ficam em frente a Rodoviária de Caçador, mas somente se houver sol no fim de semana escolhido, tanto no sábado, como no domingo dia do evento.

Final de um encontro de ideias para o Expresso DeComposição

Falta uma semana apenas, mas este Grupo é bem ativo e se o clima ajudar e a agenda do Parque permitir, dia 21 de janeiro será bem interessante de se dar uma passada no Parque Central de Caçador, a partir das 15h, para fazer história com o “Expresso DeComposição” que não tem hora para terminar.

Se você quiser se apresentar, cantando, tocando um instrumento, dançando, declamando uma poesia, fazendo um “rap”, ou de alguma forma dar o seu recado, procure o Gustavo Zardo lá do Sesc pelo celular (zap) 49 – 99808-0283, ou o William do IFSC pelo celular (zap) 49 – 98407-0609, ou ainda o Nata Pires celular (zap) 49 – 99823-3686.

E viva a Arte e a Cultura!

________________________________________________

Sobre o autor:

Edison Porto, administrador pela Eaesp/FGV, MBA em Finanças pelo IBMEC-SP, bacharelando em Direito e Jornalismo. Membro da Associação dos Amigos do Museu do Contestado de Caçador, da Associação Cultural Coração do Contestado de Lebon Régis e da ACIJO  Associação Caçadorense de Imprensa. Ocupa a cadeira nº10 da Academia Caçadorense de Música.

P.S.: Os conceitos emitidos por artigos ou por textos assinados e publicados neste jornal são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores.

______________________________

Mensagem do editor:

Textos e imagens de propriedade do Jornal Caboclo podem ser reproduzidos de modo parcial, desde que os créditos autorais sejam devidamente citados.

Comuniquem-nos, por favor, de possíveis correções.

_________________________________________

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial