Prefeitura de Rio das Antas mantém grupo de apoio a gestantes

Por Assessoria de comunicação

Um grupo de mulheres do programa de acompanhamento as gestantes da Secretaria Municipal de Saúde de Rio das Antas, participou nesta quinta-feira (16) de uma atividade bem diferente das que costumeiramente são oferecidas na programação deste tipo de projeto. Elas foram recebidas pela equipe da Administração Municipal para um chá de confraternização e para uma sessão de fotografias que irão compor um “book” individual e do grupo, como forma de registrar a experiência de cada uma delas dentro do programa.

De acordo com a enfermeira do ESF, Graziela Galina, o encontro fez parte da programação de encerramento das atividades neste ano e, além de se constituir num momento de confraternização entre as participantes, também possibilitou o registro em fotografias de cada uma das mamães que estiveram presentes. “Foi uma forma que encontramos de homenagear essas mães que participam ativamente deste programa”, afirma.

Após as sessões de fotografias, que aconteceram em uma chácara nos arredores da cidade, as convidadas participaram de um chá promovido pela equipe da secretaria de saúde que coordena o projeto. “Foi um momento de congraçamento e de homenagens, encerrando as atividades do grupo neste ano”, explica Graziela.

Programa já conta com 60 gestantes

Criado para dar suporte psicossocial a mulheres em situação de vulnerabilidade, o Programa de Acompanhamento as Gestantes de Rio das Antas já conta com 60 mulheres inscritas, número considerado acima da média pela secretária de saúde, Bianca Ferrer Uber.

Segundo ela, o número de participantes revela o grau de confiabilidade do programa, que oferece um acompanhamento completo as gestantes, desde informações sobre como fazer um pré-natal adequado, instruções sobre alimentação, cuidados com o bebê e exames de acompanhamento. “O programa atua como um suporte para essas mulheres, sendo que muitas serão mamães pela primeira vez”, explica.

O programa mantém reuniões periódicas contando, em média, com a participação de 14 ou 15 mulheres por encontro, onde são realizadas várias atividades. A cada seis encontros sem faltas, cada participante ganha um brinde e é motivada a continuar no grupo. “É acima de tudo um programa de saúde preventiva, que visa o bem estar tanto da mãe quanto do bebê”, afirma Bianca.

_____

Mensagem do editor:

Textos e imagens de propriedade do Jornal Caboclo podem ser reproduzidos de modo parcial, desde que os créditos autorais sejam devidamente citados.

Comuniquem-nos  de possíveis correções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial